Pesquisar
Loading...

Previsões para 2023: Astrologia explica tudo sobre o novo ano

Trânsitos astrológicos importantes dão tom mais tranquilo às previsões para 2023 e indicam melhorias econômicas, mas muitas tensões políticas

Comparado a 2022, as previsões para 2023 contêm um pouco mais de tranquilidade, de acordo com o que sugere a Astrologia para o ano que vem. Tanto em 2021 quanto 2022 houve uma forte marca de instabilidade da quadratura Saturno/Urano.

Nestes anos, também enfrentamos as consequências da pandemia. Tivemos embates importantes no país, além da guerra entre Rússia e Ucrânia, que tem afetado o mundo inteiro.

As previsões para 2023 que você lê aqui são uma análise profunda dos trânsitos astrológicos que ocorrerão no ano. Dessa maneira, é uma interpretação para o coletivo, com tendências sobre o que o Brasil e o mundo podem enfrentar. Afinal, 2023 tem grande mudanças de planetas para novos signos.

Entenda melhor

Dessa maneira, você poderá entender o que esperar para Economia, para Política e para Saúde em 2023. Como introdução, saiba que o presidente eleito deve esperar um ano de muita oposição e cobrança. Isto se dá em razão da oposição de Saturno ao Sol do mapa da Independência, exata em 2024, mas já presente em 2023.

Inclusive, Saturno fará ângulo de tensão a Lua e Júpiter no mapa da Independência. Isso diz respeito ao povo (Lua), que ainda não vai ter suas necessidades supridas em um primeiro ano. Assim, sentirá uma grande diferença em relação ao governo anterior.

O meio do ano poderá ser particularmente difícil para o povo e a agricultura, regidos pela Lua. Com o aspecto exato de Saturno em quadratura com a Lua, podem haver geadas ou chuvas.

Na economia, astrologicamente temos possibilidade de melhoras, mas de forma lenta e gradual, com mais resultados visíveis de uma estabilização no ano seguinte.

Na Saúde, este é o ano de olhar para o mental e o emocional. Com a pandemia controlada, 2022 foi melhor do que 2021 e 2020, é claro. No entanto, as previsões para 2023 mostram que as consequências na saúde mental da população ainda persistem.

Questões como a depressão e sintomas de ansiedade continuam bastante presentes, além de uma tendência a fantasias e dispersão, de uma forma geral.

Aproveite e leia também:

Os principais trânsitos astrológicos de 2023

Os grandes protagonistas de 2023 serão Júpiter em Touro, Plutão em Aquário e Saturno em Peixes. Entenda cada um desses trânsitos astrológicos:

  • 27 de março a 6 de junho: Plutão em Aquário. Pela primeira vez desde 1778 a 1798, quando esteve em Aquário, Plutão retorna a este signo para uma passagem ainda breve em 2023 e o ingresso em 2024. Este é um posicionamento intensamente revolucionário e vai durar 20 anos. Nesta nova passagem, vai mexer muito com os avanços da tecnologia, em toda a sua complexidade.
  • 16 de maio a 26 de maio de 2024: Júpiter em Touro. O cenário econômico deve melhorar a partir desse período. Isto possivelmente se dará de forma lenta, constante e gradual, com resultados mais visíveis quanto a isto em 2024, ao final do trânsito.
  • 7 de março a 25 de maio de 2025: Saturno em Peixes. Saem de cena as mudanças de linguagem e comportamento de Saturno em Aquário, informatização e tecnologia. Entra uma época que vai pedir mais flexibilidade, em que nem tudo vai ser ou oito ou oitenta.

Previsões para 2023: o cenário político no Brasil

O vencedor das eleições presidenciais possivelmente terá dificuldades de governabilidade. A explicação vem com a entrada de Plutão em Aquário, que passa a afetar o mundo inteiro, em especial de 2024 a 2044.

Desde 2008 em Capricórnio, Plutão muda para Aquário por três meses, entre março e junho de 2023. Esse trânsito tende a prejudicar todos os governos centrados em torno da personalidade do governante. Aspecto esse representado pelo arquétipo de Leão, signo ao qual Aquário se opõe.

Plutão é o planeta que rege o poder e o poder vai precisar ser mais aquariano. Aquário é um signo mais alicerçado no coletivo e em inclinações impessoais.

Por isso, pode ser um período difícil para líderes carismáticos, porque tendem a enfrentar muita resistência, forte oposição e levantes populares.

Isto é especialmente verdadeiro em relação a líderes mais autoritários, centralizadores ou dados a cultuar a própria personalidade, sendo estas características leoninas. Além disso, Aquário rejeita a ideia de que uma personalidade única lidera o país. Logo, favorece regimes parlamentaristas, em detrimento dos presidencialistas.

Assim, mandatos coletivos podem ganhar força ao longo deste trânsito, com gestores mais técnicos e centrados no coletivo do que interessados em serem uma personalidade ao redor do qual o povo orbita.

Além disso, temos Saturno em Peixes nas previsões para 2023. Esse trânsito, que começa em março de 2023 e dura 2 anos, também indica dificuldade para governantes.

Saturno, planeta da administração, transita no escorregadio Peixes, após passar dois anos e meio em Aquário. Então, os governantes terão de lidar com imprevistos que fogem do alcance do planejamento. Estão inclusos desastres naturais, por exemplo, e outras ocorrências, que fazem com que nem sempre consigam realizar todo o planejado.

O grau de interferência e arbítrio do governante tende a ser muito menor sob o efeito deste posicionamento. Se sairão melhor aqueles que fizerem o que é possível, forem flexíveis e deixarem de lado o impossível ou fora do alcance imediato.

Entenda melhor

No entanto, importantes reformas administrativas também podem vir com Saturno em Peixes. É neste momento que Saturno passa na Casa 1 do mapa da Independência do Brasil.

A última vez que vivemos esse trânsito foi entre 1994 e 1995, quando foi criado o Plano Real. Esta foi uma mudança sem precedentes para um país que estava afundado sob o peso de uma inflação surreal e galopante. O real colocou ordem no caos econômico do Brasil.

Dessa maneira, novos tipos de organização e ordem começam agora. Algumas mudanças podem nem sempre agradar de cara e podem envolver algum custo para serem realizadas. Saturno pede sobriedade e realismo.

Peixes, todavia, é o signo da empatia, com olhar mais atento aos excluídos. Por isso, também é possível esperar melhoras na vida dessas pessoas. O público com algum tipo de deficiência também terá mais atenção e ações concretas.

Em meados de julho, teremos a oposição de Saturno com Marte, na qual Saturno estará retrógrado em Peixes e Marte estará em Virgem. Assim, teremos um ambiente de forte conflito, seja no Brasil ou em outros lugares do mundo.

Desta maneira, isto vai ficar gravado no mapa da Lua Nova de 17/07, que vai se estender por um mês. A tendência é que haja disputas de poder complicadas para o mundo. Na vida pessoal, pode haver questões cansativas e que venham a exigir persistência.

Esta oposição é especialmente prejudicial ao Brasil, porque Marte estará transitando no Sol, o que tem a ver com a figura do governante.

Será um momento em que pode haver forte oposição à figura do presidente da República e ao governo, com aumento de descontentamento. O mapa da Lua Nova de 17/07 também mostra dificuldades econômicas neste momento do ano para muitos brasileiros.

Por outro lado, temos Mercúrio retrógrado em quatro momentos no ano. No início de 2023, o planeta estará retrógrado até 18/01, junto com Marte retrógrado até 12/01. Isso pode apontar um movimento de refazer o que foi feito no passado.

Céu astrológico do dia da posse

A data da posse do novo presidente do Brasil será no dia 1º de janeiro. Nesta data, a Lua estará em Touro em uma conjunção perfeita com o Nodo Lunar Norte.

Nos programas e políticas públicas, a presença de Urano pode incentivar o uso de novas tecnologias. Isto vale tanto para a questão do combate à fome quanto para o crescimento econômico. Além de para as questões agrícolas, com aumento de criatividade e inventividade.

Por outro lado, uma intensa combinação envolvendo Mercúrio, Vênus e Plutão tende a fazer com que todas as ações dos governantes que assumam neste dia sejam intensamente vigiadas. Estarão sob forte escrutínio público em especial porque metade dos brasileiros votou no outro candidato a presidente.

O ponto forte para o Brasil

O ponto forte para o Brasil será a passagem de Júpiter pela Casa 3 do mapa da Independência. Isto poderá trazer melhoras para o ensino básico e professores.

As comunicações estarão em alta para o Brasil e os brasileiros, bem como o comércio. Pode haver melhoria em estradas e rodovias, assim como para caminhoneiros.

Júpiter na Casa 3 promete mais circulação na economia, com mais transações, do tipo entradas e saídas de dinheiro. Esta é a Casa dos eletrônicos, das lojinhas ao estilo “vende-se de tudo”, dos celulares e das novidades. Também rege bares.

Além disso, Touro, onde Júpiter ingressa em maio, rege restaurantes, delicatessens, lojas de bombons, doces e padarias. Também aprecia o setor de cosméticos e perfumaria. Touro gosta de gastar, mas também de negociar.

Previsões para 2023: Cenário global

Para o cenário global em 2023, podemos esperar momentos de crises e tensões, principalmente nas imediações de dois eclipses de 2023 (veja aqui as datas).

No dia 20 de abril, ocorre o Eclipse Solar em Áries, que fará quadratura com Plutão. A tendência é de um momento bastante tenso e com tom bélico, característico de Áries.

Já no dia 5 de maio, ocorre o Eclipse em Escorpião, que terá a presença forte de Urano. A tendência será relacionada às viradas e mudanças, bem como a acontecimentos imprevistos, como fenômenos da natureza.

De abril a outubro, Plutão estará em um posicionamento de quadratura com os Nodos Lunares. Portanto, isto pode deixar a sensação de ameaça no ar. É possível que ocorram eventos destrutivos na natureza ou até em cidades e monumentos. Não é algo fácil.

A notícia boa é que, embora o clima seja de tensão, a concretização de uma ameaça destrutiva ao nível global, como uma guerra nuclear, por exemplo, tem poucas chances de ocorrer.

Plutão em Aquário também sugere risco para catástrofe ou guerra cibernética em algum momento de seu trânsito, que até 2044. Um colapso nesse sistema provavelmente provocaria grande caos.

Dessa forma, cresce, por exemplo, o poder de fogo de ataques hackers. Assim, será importante começar a se pensar em fortalecer as defesas online de empresas e países. Em algum momento do longo trânsito também pode haver risco para as criptomoedas, associadas a Urano/Aquário.

Além disso, em maio, com a chegada de Júpiter em Touro em quadratura com Plutão em Aquário, a Bolsa de Valores pode ser afetada. Pode ocorrer também quebra de empresas até então tidas como prósperas. O período será propenso para descobrir segredos e “podres” de figuras reconhecidas e de alta projeção.

Evite realizar operações de risco, apostando todas as suas fichas em algo. A chance de algo dar errado e se perder muito dinheiro será grande.

Previsões para 2023: a economia

Analisando o mapa astral da Independência do Brasil, o trânsito de Urano a Vênus inclina à forte instabilidade econômica até o meio do ano e impacto inflacionário.

No entanto, a partir da entrada de Júpiter em Touro, em maio, é possível que haja melhora econômica geral progressiva. Desta maneira, há destaque para a agroeconomia, agropecuária e ramo de construção.

Touro, porém, é um signo que se move sem pressa. Como o trânsito de Júpiter por Touro dura cerca de um ano, de 16 de maio de 2023 a 26 de maio de 2024, é possível que essas melhorias ocorram lentamente ao longo desse período.

O setor imobiliário volta a se aquecer, pois Touro gosta de investir no que é tradicional e seguro. Além disso, de maio até julho, retornando em dezembro, Júpiter estará em um bom posicionamento com relação à Saturno.

Será um bom período para empreendimentos, desde que não sejam de alto risco, e sim, fundamentados no bom senso e no trabalho. Além do esforço e do empenho de Saturno, será possível receber a sorte de Júpiter e dar alguns passos além.

A criatividade e a intuição de Saturno em Peixes poderão se unir ao senso pragmático e comercial de Júpiter em Touro, com boas ideias para negócios e empreendimentos. O ramo de alimentos e de produtos já consagrados, como franquias de agradam em cheio ao público, tende a ter bons resultados para muitos brasileiros.

O período de maio a junho poderá trazer a figura de patrocinadores, pessoas dispostas a ajudar nessa caminhada. Porém, será preciso ter cuidado com figuras plutonianas no mês de maio, que aparentemente, são benéficas, mas que cobram um preço muito caro lá na frente, trazendo perdas pessoais ou financeiras.

Gastos pessoais: os momentos dos excessos e janelas de otimismo e oportunidades

Durante o período entre 7 a 15 de junho e, novamente, de 17 a 30 de agosto, Vênus em Leão faz quadratura com Júpiter em Touro. Isto pode indicar desperdício de dinheiro e má administração financeira, além de excesso de expectativa em relação a eventos e parcerias que podem não corresponder ao resultado.

Já de 19 a 24 de outubro, quando Júpiter fará um trígono com Vênus em Virgem. Há um tempo de compras vantajosas e gastos benéficos, do tipo com muito pouco conseguir fazer render ou ter bons resultados.

De 27 de fevereiro a 5 de março, Vênus encontrará Júpiter em Áries, fomentando a ousadia e trazendo forte desejo de desfrutar e se abrir mais a vida, mas propiciando tendência a exagero. Vai ser logo depois do Carnaval.

Previsões para 2023: Saúde

A entrada de Saturno em Peixes, em março, tende a estabilizar o rescaldo da pandemia. Embora os sintomas físicos da doença já tenham minguado, resta ainda uma epidemia de problemas psicológicos, que tendem a se evidenciar em 2023.

Pessoas que não se recuperaram bem de perdas e lutos ou se acostumaram ao isolamento social podem sentir essas dificuldades por conta de Plutão em quadratura com os Nodos Lunares, como se fosse uma longa crise e algo difícil de recuperar.

As Luas Novas entre de junho a dezembro trazem o período do ano mais delicado para a saúde coletiva, seja a física ou psicológica. Logo, na Lua Nova de novembro, tanto a parte física como a psicológica pode ficar em destaque, com aumento de acontecimento imprevisíveis. Você pode acompanhar as datas de cada Lua Nova no calendário lunar 2023.

Saturno em Peixes é um significador de desencanto, cansaço, perda de sentido. Dessa forma, isto se dá em especial para pessoas que já vêm lutando uma longa batalha até aqui, pois pode trazer uma epidemia de problemas psicológicos.

Do lado positivo, mais atenção será dada a estas questões. No entanto, será preciso evitar comportamentos de vitimização e fantasia (Peixes negativo). Além disso, buscar ajuda em terapias convencionais ou alternativas, preferindo tratamentos constantes (Saturno), que ajudem a alicerçar e construir uma nova perspectiva interna.

Use Júpiter para melhorar a saúde

A dica é tentar mexer mais o corpo, fazer atividades que dão ânimo, que saiam da rotina e levantem o espírito. Aproveite a energia de Júpiter em Áries, que entra o ano e vai até 16/05, para fazer coisas que aumentem sua energia. Arrisque-se um pouco mais, lance-se em aventuras ou coisas novas, bem ao gosto do primeiro signo do zodíaco.

O lado ruim dessa energia ariana é o aumento da irritabilidade, do estresse e da correria. Isto traz consequências para o físico e para a saúde mental. Por isto, saiba a hora de parar e descansar, sem gastar toda a bateria.

Já a entrada de Júpiter em Touro, a partir de 16 de maio, está mais ligada ao sedentarismo e à alimentação desregrada, focada só no prazer. Portanto, você tem como se preparar para não cair nessa tendência.

Use também mais a arte e o artesanato a favor, massagens e aromaterapia, bem como o contato com a natureza, que Touro adora.

As previsões da Astrologia foram feitas com a colaboração do astrólogo Alexey Dodsworth.

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente e online. É autora do ebook “Signos astrológicos – as doze etapas para a auto-realização”. Trabalha com o Iluminare, terapia que acessa o inconsciente e que tem seus fundamentos no Xamanismo. É idealizadora do curso Alimentação no Mapa Astral no Personare.

Saiba mais sobre mim